Estreia do Olympia na Rua inicia com sessões de curtas-metragens paraenses no próximo domingo (9)

A primeira edição a c√©u aberto contar√° com projeções de filmes e debates.

Estreia do Olympia na Rua inicia com sessões de curtas-metragens paraenses no próximo domingo (9)

No próximo domingo (9), o Cine Olympia vai oferecer sessões de cinema na rua, enquanto o espaço passa por um processo de restauração. Essa ser√° a primeira edição do "Olympia na Rua", com cinema a c√©u aberto, promete ser um marco na cultura na cidade. A iniciativa contar√° com dez sessões gratuitas ao longo dos meses em que o Cinema Olympia estar√° fechado para obras e ser√° uma forma para matar a saudade e manter viva a tradição do cinema p√ļblico.

Como vai funcionar

A primeira edição a c√©u aberto contar√° com projeções de filmes e debates. O evento ser√° realizado na Rua Arcipreste Manoel Teodoro, em frente ao Cinema Olympia, com uma estrutura coberta para 100 pessoas. Estarão dispon√≠veis banheiros qu√≠micos, equipe de segurança e primeiros-socorros, int√©rprete de Libras e sistemas profissionais de projeção e som. Pipoca ser√° oferecida aos presentes para completar a experi√™ncia cinematogr√°fica.Esta primeira edição √© uma homenagem aos criadores e cineastas de Bel√©m, com a exibição de quatro curtas-metragens de destaque:

"Brinquedo Perdido" (1962), de Pedro Veriano - 8 Minutos

"Onda: Festa da Pororoca" (2005), de C√°ssio Tavernard - 12 Minutos

"O Rapto do Peixe Boi" (2009), de C√°ssio Tavernard - 12 Minutos

"Cadê O Verde Que Estava Aqui" (2011), de Biratan Porto - 11 Minutos

Restauração do Cine Olympia

O projeto de requalificação inclui a restauração e modernização tecnológica do espaço, medidas de acessibilidade, plano de manutenção, gestão e programação cultural, visitas monitoradas e a produção de um videodocument√°rio sobre a história do Cinema Olympia.

Serviço:

Mostra de Cinema Olympia na Rua

Quando: Domingo, 9 de junho de 2024, às 18h

Local: Rua Arcipreste Manoel Teodoro, 918, Campina (em frente ao Cinema Olympia)

Entrada: Gratuita e por ordem de chegada

Lotação: 100 pessoas sentadas

Intérprete de LIBRAS: Sim

Classificação: Livre.

Foto: Oswaldo Forte - Acervo Instituto Pedra