Sonda Luna-25 falha e colide com superfície da Lua

De acordo com a Roscosmos, sonda Luna-25 "mudou para uma órbita fora do projeto" antes da colisão

Sonda foi lançada do Cosmódromo Vostochny no Oblast de Amur, na Rússia, em 10 de agosto. (Reprodução / Roscosmos)

Sonda foi lançada do Cosmódromo Vostochny no Oblast de Amur, na Rússia, em 10 de agosto. (Reprodução / Roscosmos)

A sonda Luna-25, que faria a primeira missão lunar da Rússia em décadas, fracassou e colidiu com a superfície da Lua, de acordo com informações divulgadas pela agência espacial Roscosmos. Cálculos preliminares apontam que a sonda "mudou para uma órbita fora do projeto" antes da colisão. A espaçonave foi lançada do Cosmódromo Vostochny no Oblast de Amur, na Rússia, em 10 de agosto.

De acordo com informações divulgadas, a comunicação com o Luna-25 foi perdida no sábado (19) por volta das 14h57, no horário de Moscou. Roscosmos afirmou que as medidas tomadas em 19 e 20 de agosto para procurar o dispositivo e entrar em contato com ele não deram resultado.

Um dia antes, a espaçonave relatou uma "situação de emergência" enquanto tentava entrar em uma órbita pré-pouso, segundo a Roscosmos.

Os motivos do incidente - que representa um golpe nas ambições espaciais da Rússia - serão investigados por uma comissão especialmente formada com esse objetivo.

Essa seria a primeira missão de pouso lunar da Rússia em 47 anos. O último módulo lunar, Luna 24, pousou na superfície da Lua em 18 de agosto de 1976.

Acompanhantes Goiania