Justiça anula medida que proibia influenciadores de divulgarem Jogo do Tigrinho

Ministério Público do Pará manifestou-se favorável aos pedidos de revogação da proibição de divulgar qualquer jogo de azar ou apostas esportivas de plataforma digital nas redes sociais dos investigados.

Justiça anula medida que proibia influenciadores de divulgarem Jogo do Tigrinho

A Justiça do Pará anulou a decisão que proíbe influenciadores digitais de divulgarem jogos de azar nas redes sociais. Assim, os influenciadores paraenses presos na operação Truque de Mestre, deflagrada em dezembro do ano passado, estão liberados para praticar a ação.

Ministério Público do Pará manifestou-se favorável aos pedidos de revogação da proibição de divulgar qualquer jogo de azar ou apostas esportivas de plataforma digital nas redes sociais dos investigados.

Nós solicitamos ao magistrado que conduz a investigação da operação deflagrada em dezembro para que ele revogasse a medida cautelar de proibição de divulgação de jogos on-line, de plataformas de apostas em geral, e ele atendeu o nosso pedido", afirmou Marco Antônio Pina, o Magnata, advogado de defesa do Mago das Unhas, um dos influencers presos em dezembro passado.

"Agora, oficialmente, os influenciadores estão legalmente liberados para divulgar plataformas, jogos on-line, apostas esportivas e tudo mais, desde que o façam com responsabilidade e sempre alertando sobre a proibição para menores de 18 anos", disse Magnata.

Entre os alvos, estão os influenciadores "Mago das Unhas", Noelle Araújo e Ingrid Silva.

Segundo a PC, os mandados foram cumpridos em condomínios de luxo e a uma casa de prostituição, em Belém. Os agentes apreenderam cinco carros de luxo, duas motos, aparelhos eletrônicos e documentos que servirão de base para as investigações.