Professor de Ananindeua que estava desaparecido é encontrado se divertindo em praia

A família do professor estava desesperada

Reprodução redes sociais

Reprodução redes sociais

O professor Edivan Lobato, que desapareceu no último domingo, 16, após sair para abastecer o carro em Ananindeua, na Grande Belém, e deixou a família desesperada, foi encontrado se divertindo com os amigos em uma praia de Outeiro, distrito de Belém.

Preocupada com o sumiço, a esposa de Edivan usou as redes sociais para fazer apelos em busca do professor. Na noite da segunda-feira, 17, ela conseguiu rastrear o veículo do marido e, entre tantos pensamentos de coisas ruins que poderiam ter acontecido com ele, ela não imaginava que o encontraria muito bem, se divertindo com os amigos na praia.

O alívio da família se misturou com o sentimento de revolta. No reencontro, ao ver Edivan descer do carro, a esposa questionou o desaparecimento. "Eu te liguei, tu não disseste que iria passar todo esse tempo fora. Eu liguei para ele, e ele não atendia nem falava nada. Eu não comi nada, estava desesperada", disse a mulher em um vídeo que circula nas redes sociais.

O professor afirmou que avisou a esposa que faria uma corrida de aplicativo para "um pessoal" e que "não precisava de desespero".