Gustavo Morínigo se prepara para o desafio do clássico: 'nossa equipe precisa estar no seu melhor

Mesmo tendo pouco tempo para se preparar, o treinador ressalta a relevância dos duelos contra o Paysandu e destaca a importância de os atletas estarem prontos para o desafio.

Reprodução/Clube do Remo

Reprodução/Clube do Remo

Com um per√≠odo curto entre as partidas por conta do calend√°rio congestionado, o treinador Gustavo Mor√≠nigo do Remo se v√™ diante de um desafio extra: a escassez de tempo para os treinamentos. Após a vitória contra a Tuna Luso, Mor√≠nigo ressaltou as dificuldades enfrentadas, destacando que a equipe ter√° que se contentar com estrat√©gias mais simples devido à falta de tempo para se dedicar a planejamentos mais elaborados.


"Devido ao nosso elenco reduzido, não conseguimos elaborar uma estrat√©gia. Nossa √ļnica opção √© focar na recuperação dos jogadores e conscientiz√°-los de que um cl√°ssico √© sempre singular", declarou Mor√≠nigo. Ele justificou que o time decidiu fazer alterações na formação em comparação com a partida anterior, sobretudo por motivos f√≠sicos e de recuperação dos atletas.


Mesmo tendo pouco tempo para se preparar, o treinador ressalta a relevância dos duelos contra o Paysandu e destaca a importância de os atletas estarem prontos para o desafio. Ele enfatiza que não h√° espaço para desculpas quando entram em campo, pois os cl√°ssicos t√™m uma atmosfera √ļnica, com a torcida e a cidade totalmente envolvidas. √Č fundamental que a equipe esteja à altura dessas partidas, que são de extrema importância para o clube, afirmou Mor√≠nigo.


O Remo enfrentar√° em breve o Paysandu em seu primeiro dos quatro cl√°ssicos pela Copa Verde, programado para esta quarta-feira (3), às 20h, no Est√°dio Mangueirão. Com uma sequ√™ncia de duelos pela frente, o time precisar√° se preparar psicologicamente e fisicamente para encarar o principal advers√°rio em uma s√©rie de partidas que se mostram desafiadoras e cruciais.