Jacaré é resgatado de residêcia em Icoaraci

O animal, com cerca de 60 centímetros, estava no quintal da casa de um homem que teria construído uma "floresta artificial" para abrigar o jacaré no distrito de Icoaraci

Depois do resgate, o bicho foi solto em uma área de mata | Divulgação

Depois do resgate, o bicho foi solto em uma área de mata | Divulgação

Possuir um animal silvestre em ambiente dom√©stico sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade ambiental pode ser um problema que o "tutor" pode gerar a si mesmo. Um auto de infração ambiental deve ser lavrado, em caso de flagrante delito, com pena que varia de seis meses a um ano de prisão e multa.

Na √ļltima quinta-feira (7), um jacar√©, criado como animal de estimação, foi resgatado por equipes do Batalhão de Pol√≠cia Ambiental da Pol√≠cia Militar (BPA) em uma resid√™ncia em Icoaraci, distrito de Bel√©m.

O animal, que mede cerca de 60 cent√≠metros, estava no quintal da casa de um homem que teria constru√≠do uma "floresta" para abrigar o bicho. As autoridades chagaram at√© o local por meio de uma den√ļncia an√īnima atrav√©s do Disque Denuncia 181.

De acordo com a Pol√≠cia Ambiental, o jacar√© j√° teria cerca de oito meses sendo criado no local. No momento da ação, o animal silvestre estava muito agitado. Os agentes realizaram os procedimentos para resgatar o animal em segurança. Depois do resgate, o bicho foi solto em uma √°rea de mata.

O homem foi autuado e levado para a Divisão Especializada em Meio Ambiente e Proteção Animal (DEMAPA), em Bel√©m, onde seriam realizados os procedimentos cab√≠veis ao caso.